Friday, April 29, 2005

A semana de todas as emoções

Aproxima-se o mês de maio, aproxima-se para mim e para muitos o mês das grandes emoções, o mês da Queima das Fitas.
Sem dúvida uma semana em grande, uma semana cheia de coisas boas, uma semana feita de maluqueiras, sorrisos, abraços, beijos e muitas muitas lágrimas.
Fui a primeira vez à queima tinha 14 anos... desde aí marquei sempre presença. Os primeiors anos, apenas um dia ou dois. Mas desde que entrei no Ensino Superior estou todos os dias lá batidinha.

Mas para mim, a queima nunca fez tanto sentido como no ano que passou...
Que semana, que saudades....
Começou logo na serenata. O trajar, o ver todos os meus colegas trajadinhos e toda a gente feliz contente por estar ali. Olhar para aquelas pessoas, aqueles amigos e saber que estavam a sentir o mesmo que eu. À meia noite e um quando soaram as primeiras guitarras, quando o meu padrinho me traçou a capa, foi inevitável. As lágrimas cairam. Eram lágrimas de alegria, lágrimas de emoção, sei la. Senti tanta coisa ao mesmo tempo que não consigo explicar. Foi o primeiro grande momento.
A imposição de insignias, foi diferente. A serenata pelo seu ambiente o sentimento põe-nos os sentimentos mais a flor da pele, pelo menos comigo é assim.A imposição de insignias não é que tenha menos valor, mas é diferente, pelo menos para mim foi.
No entanto estar a receber a minha primeira insignia e receber o abraço caloroso e meigo do meu padrinho também foi dificil conter as lágrimas.
Foram dois dias assim cheios de muita coisa, de muita alegria, de muitos sorrisos, de muito alccol também (lol) mas de muito sentimento acima de tudo.

E o verdadeiro dia... Terça Feiraaa... O cortejo... A sério caloirinhos, curtam aquilo ao máximo, saltem pulem berrem "matem-se" mas vivam com a maior intensidade possivel, pois o cortejo é um marco e cortejo como caloiros só temos um e quando bem aproveitado é do melhor.
Não posso deixar de falar na irmandade do apito... eu a martinha e a Di foi festa do inicio ao fim, nós e os nossos apitos fizemos a festa toda. por um lado foi da maneira que não fiquei afónica.
Numa palavra INESQUECIVEL....
Passar a tribuna.... naquele momento parace que parei no tempo. foi um momento de introspecção. Pensar em tudo o que vivi, os bons e os maus momentos... tinha sido sem duvida um ano de caloiro bem vivido e bem sofrido mas tinha valido muito a pena. Ao meu lado tinha muitas das pessoas que passaram comigo grandes momentos. A chuva começou a cair, estavamos sem duvida a ser abençoados.... e as lagrimas mais uma vez escorriam pelo meu rosto. Abraços àquelas pessoas que para mim me diziam tanto. O Pedro, a Marta... era sem duvida uma explosão de sentimentos cá dentro. Agora sim estava a perceber o que era o cortejo, o que era o sentimento académico, algo que infelizmente não tinha percebido no ismai.

E a semana continuou, as noites na queima... Tanta história, tanta coisa se passou....
Ainda hoje relembro todos estes momentos e o coração parece que fica pequenino, sinto um friozinho na barriga e as lágrimas como sempre acabam por cair. Sim eu sei sou uma chorona...
Não tenho qualquer tipo de problema em dizer que a minha verdadeira queima foi o ano passado, foi aí que começou a fazer sentido a queima das fitas, foi aí que percebi o seu significado.
este ano lá estarei mais uma vez.

Mas este ano para mim é difrente. Tenho afilhados, vou sentir coisas novas como o traçar uma capa, o impor insignias....Mas acreditem que o sentimento vai ser o mesmo....... O cortejo acredito que me vai custar, porque vou sentir saudades do meu ano, do meu cortejo.... mas acreditem vou estar a 100% a fazer a festa ao vosso lado e sempre muito orgulhosa de vocês. Sim vocês, que sabem a quem me refiro, os verdadeiros caloiros de jornalismo.., aqueles em quem eu confio de olhos fechados, aqueles que sei que sentem como eu sintia o ano passado o espirito academico, o verdadeiro orgulho na nossa casa, o verdadeiro orgulho no nosso curso.
Aos meus afilhados e aqueles que para mim têm muito valor digo... este ano está a chegar ao fim, como passou rápido... Esta semana é vossa... aproveitem-na ao maximo, vivam cada dia como se não existisse o amanha. Pro ano vão perceber melhor o que eu escrevi aqui.... ADORO-VOS e tenho orgulho em voces....
Só um "conselho": Toda a gente tem a sua historia da queima, do primeiro ano... Certamente que já vos contaram algumas. Ouçam-nas porque ouvir os mais velhos contar parte da sua historia é sempre muito bom, mas acima de tudo construam a vossa própria história.
BOA QUEIMA!!!!


Somos nós
Somos nós
O orgulho de Jornalismo somos nós

Somos nós
Somos nós
O orgulho de Jornalismo somos nós

6 Comments:

At 2:36 PM, Anonymous jessica said...

meu deus este texto apesar de contar a tua historia, conta tb um bocadinho da nossa, dos verdadeiros caloirinhos deste ano k deram, dao e daro td o k tem p isto...
n es so tu kes chorona...ao ler isto ao pensar keste ano ta a chegar ao fim, ao recordar tudo o k passou, por td o k passei sp c pexoas especiais a meu lado (k vou levar sp cmg) foi impossivel conter as lagrimas...foi um ano k passou a voar, foram mts emoçoes, mts sorrisos, mts lagrimas, mta raiva mas mt alegria...
esta keima vai ter um sabor especial...kd amanha vestir o meu traje sei k vou sentir algo k nc poderei descrever...vou olhar pa ele c um orgulho imenso pk sei ko mereci, pk sei k dei o meu mlhr pa tar ali e vou olhar pa ele e recordar tds os k tiveram sp cmg, c kem partilhei td, em kem aprendi a confiar, c kem aprendi mt e kem eu grito AMO DO FUNDO DO CORAÇAO!!! bigada p tudo, bigada p este ano ineskecivel....
e e com lagrimas e um enorme sorriso na cara k escrevo isto e k nunca se kebrem os lacos k este ano de caloira me permitiu fazer...

*************sempre e para sempre JORNALISMO

 
At 2:59 PM, Blogger Sarushka said...

marta:
apesar d td, apesar d as xs parecermos distantes uma da outra talvez por nao falarmos muito nem nos abrirmos ainda o suficiente, quero te dizer que tu es importante... importante demais.
quero te dizer que estou na praxe muito graças a ti e ao teu exemplo, quero dizer te que vou estar sempre do teu lado em todas as queimas, ver-te a frente da praxe, ver-te fitar, cartolar, tudo com o maior orgulho... tao grande que nem cabe dentro de mim.
as vezes desejo que fossemos mais proximas, mais amigas, mas isso vem c o tempo, ne? e so temos q fazer por isso... Obrigada por me compreenderes e ajudares, obrigada por teres dado o empurrao para o primeiro passo na minha caminhada.
obrigada por seres madrinha, amiga, calorosa, por seres marta
Obrigada por me deixares viver tudo ctg, obrigada por me deixares fazer parte destes nossos momentos.
Obrigada por seres assim.
que seja o inicio d mts coisas juntas..que eu seja capaz d fazer com que te orgulhes de mim... que o orgulho e amor nos unam, sempre..

****

 
At 3:51 PM, Anonymous matynha said...

aaaaiii... a nossa queima a nossa queima....os momentos k passamos juntas...a serenata...os brindes...a passagem da tribuna...a massa cm atum (lol)...as visitas indesejadas (private) :p ...foi tanta coisa... mas que recordaremos para sempre...nunca me esquecerei que estivemos lado a lado...cmo este ano estaremos de novo! :D

mensagem para os caloirinhos deste ano: Não sejam meninos e divirtam-se mm à grande!!!

martinha! tens noçao sao exactamente 23:49!!! ou seja....daki a 24 horas já tamos nós todos prontinhos pa ouvir e sentir mais uma monumental serenata...!!!

boa queima a todos!

(barraka do ORFEAO é que é!!)

 
At 6:06 AM, Blogger Carol said...

realmente, nao ha nada como o ano passado ... :):( e que cortejo!!!
eu sei que o cortejo nao tem mto a ver com praxe, mas pronto...deu pa libertar os sentimentos todos sem q dessemos por isso...e pa ressacar em grande estilo!!! :P
este ano vai ser MTO diferente, pelo menos para mim...mas ficam as memorias dos momentos passados na companhia de pessoas maravilhosas como as M&M... e so isso da força para continuar.

Divirtam-se!!!

 
At 5:52 AM, Anonymous sweet said...

"Tenho o coração como um baú que de tão cheio não se consegue fechar"
Nunca pensei que o mundo mudasse numa semana. Ingenuidade minha. Achei que os momentos tinham início e fim num determinado segundo. Não têm. Começam no infinito da imaginação e prolongam-se no tempo, enraizados no coração.
Não sabia que o negro podia ser tão quente e tão acolhedor. Não imaginei que fundir-me no abraço negro da noite fosse um ritual tão pleno.
Achava que sem voz não há som. Aprendi que sim. Sem voz há grito e canto e melodia de amor por uma casa que nos acolhe.
Sabia que os sentimentos, como as lágrimas, não se esgotam. E por uma vez não me enganei.
As gotas de água que, dos meus olhos, inundaram a tua capa quando me ergui,olhei para trás e vi que já não sou a caloira que fui.
O orgulho de te ver impôr-me um pedacinho de céu no bolso de um traje que só agora nasceu.
E a noite... A noite da chuva que abençoou um abraço que se tornou eterno porque as estrelas não esquecem.

 
At 11:40 AM, Blogger Einstein said...

pico da academia é arqueologia;)

UM BEIJO E OBRIGADO POR TUDO MARTA

 

Post a Comment

<< Home