Friday, June 02, 2006

Nacionalismo barato


Começou a mesma fantochada de ha dois anos atrás...
as bandeiras voltaram às janelas do povo português que é apologista ferrrenho de um nacionalismo baratooo.....
Passam um ano a criticar o país, a criticar o governo, a dizerem que somos um país miseravel, mas chega altura do Euro ou do Mundial e PORTUGAL é o maior.......
De norte a sul as bandeiras portuguesas enfeitam as janelas de muitas casas, o triste é ver que as pessoas põe a bandeira por pôr... porque o senhor treinador da selecção, aquele senhor que é brasileiro conhecem? pediu....
Então pronto, bora lá pôr a dita cuja bandeirinha na varandinha de casa. Do avesso, de pernas para o ar, na vertical não interessa o que interessa é ela estar lá.
Bandeiras hasteadas pelo lado vermelho, bandeiras que em vez dos castelos têm pagodes chineses e com proporções iguais de cor verde e vermelha é o que não falta por aí nas janelas de tudo que é prédio, casa ou até carro...
Pelos vistos os portugueses não conhecem “as direitas” à bandeira de Portugal, que à semelhança do Hino Nacional(aquele que os jogadores de futebol não sabem), é o símbolo, por excelência, da Nação.
Só mais uma coisa, será que este ano a fundação Luís figo em parceria com os hipermercados continente vão voltar a vender bandeiras de portugal, made in china e com pagodes chineses???LOL enfim...
É este o nosso país..... embandeirado do avesso e made in china....

3 Comments:

At 1:49 PM, Blogger Polegarzinha said...

É mesmo verdade!
E quando se lembram de pôr aquelas bandeiras que de tão gastas do sol e da chuva que estão mais parecem umas cuecas velhas? É lindo! É assim que se mostra o orgulho em ser português!
Somos portugueses! Mas só quando Portugal vai para o euro ou para o mundial e quando aquele jogadorzito (Cristiano Ronaldo) também joga! Tenho tanto orgulho no moço, principalmente quando fez aquele gesto tão humilde (.!.) para os portugueses que estavam no estádio! É o meu orgunho :D
Jinhos!

 
At 8:52 AM, Blogger Madalena said...

Mas isto não tem nada a ver com o nacionalismo, tem a ver com e simplesmente "moda".

Tipo as pessoas tem tanta falta de valores e de linhas de seguimento, que se prendem com as modas sociais, como se isso as fize-se identificar com os individuos que o rodeiam, como se uma moda fosse sinónimo de pertencermos a um mesmo clã.

Foi então a moda das bandeiras.. mas á a moda dos Pais Natal a trepar janelas. À a moda dos coletes reflectores nos bancos.

Eu cá por mim prefiro as modas do rock in rio, "por um mundo pior"

 
At 9:11 AM, Anonymous Hermia said...

É triste mas é verdade. Tens razão... :(
Infelizmente, já há mt q deixei d ter esse tal "orgulho" no meu país...
E este post está simplesmente... Realista!
É triste que em Portugal de vez em qd td n seja apenas uma questão de "parecer bem" por causa "do q os outros vão pensar"... Parecemos "paus-mandados". É um pc "viver pelas aparências"... Andamos tempos infinitos a criticar a situação económica/política/cultural/social de Portugal mas chega a esta altura e afinal até se esquecem as diferenças... É pena q só no desporto é q nos possamos destacar...

 

Post a Comment

<< Home