Sunday, October 07, 2007

Da-me tudo o que tens para me dar
que eu quero ir-me embora
Sem nada para te deixar.
Vai-te foder, tu nao estas a perceber
Que esta tudo acabado, estou farto do teu fado.
Vou levar o teu retrato,
Queimar o guarda-fato
Que eu quero é ter tempo para perder,
Vou ver televisao
E talvez cuspir no chao,
Tomar banho de ano a ano
E amar, só por engano.

Sai-me da frente, ou de repente
Ainda vou desatinar.
Nao quero estar contigo, nem ser o teu amigo
Onde tu estas é sempre o pior lugar.

Vou ser como o vampiro, vender-me por um suspiro,
Ter o poder de ser eu a escolher.
Vou deitar-me de manha,
Passear-me no ecra,
À noite vou ser rei, e tu para mim ja és ninguém.


Pedro Abrunhosa

4 Comments:

At 1:18 PM, Anonymous Anonymous said...

espero que esta letra aqui signifique que finalmente abriste os olhos rapariga.
bj

 
At 1:23 PM, Anonymous Anonymous said...

perfeito!!!

 
At 9:24 AM, Blogger Ana Maria said...

e quem fala assim não é gago!

pelo contrário...sabe o que quer...e eu com orgulho assisto! ;)

Porque é a sorrir que se é feliz!

 
At 4:57 PM, Anonymous Companheiro de riso said...

Serei o único a perceber que isto é a letra de uma musica do Pedro Abrunhosa?


Jokas Baixinha!

 

Post a Comment

<< Home